Avila, Artur

Rio de Janeiro (Brasil), 1979

Jovem matemático brasileiro, Artur Avila Cordeiro de Melo recebeu a Medalha Fields em 2014, prêmio considerado o Nobel da Matemática, oferecido a cada quatro anos pela União Internacional de Matemática (IMU). A cerimônia de entrega aconteceu durante o 27º Congresso Internacional de Matemáticos, em Seul, na Coréia do Sul. Avila foi premiado em função de “suas profundas contribuições à teoria dos sistemas dinâmicos, que mudaram as feições do campo”.

Foi a primeira vez que a Medalha Fields premiou alguém formado por uma instituição do Hemisfério Sul. Avila é Doutor pelo Instituto Nacional de Matemática Pura (IMPA), que fica no Rio de Janeiro. Ele também é vinculado ao Centre Nactional de La Recherche (CNRS), na França, dividindo o seu tempo entre o Rio e Paris.

Avila recebeu sua primeira medalha aos 13 anos, em uma olimpíada de matemática. Aos 16, conquistou a medalha de ouro no campeonato mundial para estudantes do ensino médio, na Olimpíada Internacional de Matemática do Canadá. Foi agraciado com o Prêmio Salem, em 2006, com o Prêmio EMS, em 2008, o Prix Jacques Herbrand, em 2009, e em 2013 foi condecorado com a máxima distinção francesa, sendo nomeado Cavaleiro da Legião de Honra.